História da Internet no Brasil, por uma testemunha ocular

Estamos aqui, em 29 de Dezembro de 2008, fim de ano, época de fazer balanços e retrospectivas. O jornal “O Estado de São Paulo” coloca na primeira página uma chamada para um caderno especial: “Link: O nascimento do conteúdo grátis”. Esse seria o resumo do ano de 2008 para a internet, do ponto de vista do jornal. Mais uma vez me lembro da tremenda dificuldade que tem o jornalismo em colocar as notícias de ciência e tecnologia em sua perspectiva correta. Continuar lendo

Anúncios

Desenhos inteligentes: criacionismo, evolucionismo

Criacionismo é a crença de que a bíblia é a verdade literal e que Deus criou todas as coisas. Pressionados pelo termo “criacionismo”, os criacionistas resolveram forjar o termo “evolucionismo” para marcar seus opositores. Haha. Fizeram questão de não entender. O criacionismo é uma crença, uma fé, como o hinduismo ou o islamismo. Já a Teoria da Evolução é uma tentativa de explicação do mundo. Ela acontece de ser consistente com praticamente tudo o que vemos ou podemos cavar neste planeta. Mas um cientista admitirá que ela pode ser desprovada. O adepto do criacionismo, por outro lado, tem uma posição dogmática que nunca admitirá contestação.

Continuar lendo

Um milhão de acrônimos

Hoje estava no Taxi, trânsito ruim de São Paulo parado, e vi escrito no rádio de segunda linha do painel: MOSFET. Aquele aparelho tinha um acrônimo! Curioso que eu me lembrasse do que significa MOSFET, dado que já saí faz mais de dez anos da faculdade de engenharia elétrica. “Metal Oxide Semiconductor Field Effect Transistor“. Também curioso que tanto tempo depois da invenção do transistor, em plena época dos semicondutores banais e onipresentes, ainda haja fabricantes que escrevam “Contém transistor” num rádio. Haha. Como naquelas garrafas de água mineral onde escrevem “Não contém glúten”.

Continuar lendo

O padre voador e as noivas recalcitrantes

A história sempre se repete. A história sempre se repete. Esta semana Adelir de Carli, um padre paranaense, se perdeu no ar, ou no mar, pendurado em centenas de balões de festa. Há quem o esteja querendo candidatar para ganhar um Darwin Award. Para isso sua morte terá de ser comprovada. De outro modo será apenas uma repetição do americano que em 1982 saiu voando de casa em uma cadeira de jardim. Mesma idéia, 26 anos antes. Não há falta de bom senso que não se repita.

Continuar lendo

Produtos Star Wars que você nunca viu

A série de George Lucas foi um sucesso no cinema e nas lojas. Gerou uma receita estupenda no licenciamento de produtos, de lancheiras a miniaturas dos personagens, de video-games a livros baseados no universo de Guerra nas Estrelas. De onde vem tanta coisa? Tudo começa com uma “chuvarada de idéias” (ou brainstorm). Depois vão filtrando, filtrando, até sobrarem alguns produtos que se julgam adequados. Recentemente um designer revelou como criou, dez anos atrás, cerca de 100 produtos diferentes no tema Star Wars. Ele mostrou várias idéias que acabaram não sendo produzidas: coisas como o pufe do Jabba the Hutt. Qual desses produtos um verdadeiro fã não compraria?

Continuar lendo

Posters do governo Bush

Faz muito tempo que o mundo não vê um líder mundial mais caricaturável que o Presidente George W. Bush. Ele é uma espécie de caricatura ambulante, ouso dizer. Bush filho assumiu na presidência o papel que Dan Quayle tinha como vice-presidente do Bush pai, ou seja, o papel de bobo. No entanto um bobo na presidência é bem mais perigoso do que um bobo na vice-presidência. Muito mal pode fazer, sem nem mesmo se dar conta. O que fazer, então? Chorar? Hmm… Rir? Com certeza!

Continuar lendo