O que significa Kaizen?

So você considera a sua casa mais do que um teto, mais do que um lugar para comer e dormir, em outras palavras, se você considera a sua casa um lar, um ninho confortável e aconchegante para você e sua família, você provavelmente cuidará muito bem dela, e com prazer dedicará tempo, esforço e dinheiro para fazê-la ainda mais confortável e aconchegante, mais funcional e bonita. Continuar lendo

Quanto devia ganhar um médico?

Hoje recebi um texto escrito em 2007 por um médico chamado Alexandre Hamam. Nele ele expôs, em excelente prosa, a angústia de comparar a realidade de sua profissão com a de um cabeleireiro (ou técnico de antenas). Deu-se conta que foi armada uma arapuca que coloca muitos médicos numa situação de ganhar menos que esses outros profissionais liberais. “Eu pagara R$ 44,00 ao cabeleireiro e, no mesmo dia, tivera recusado pela paciente uma cobrança de R$ 34,00 referentes a uma consulta médica para avaliar alguns exames que me orientariam na conduta frente ao diagnóstico de câncer da paciente e sua possibilidade de cura” escreveu.

Continuar lendo

Técnicas do intelectual revolucionário

Três técnicas podem criar um inovador revolucionário no campo das idéias, mesmo que a partir do equivalente intelectual de um chiuaua correndo atrás do rabo. Escreva e se convença da genialidade que brota. Quem começa se enganando pode depois enganar os outros com sinceridade. Num instante todos ressoarão grandes pensamentos, de inovadores e revolucionários chiuauas. Farão perfeito o dia de um manipulador por trás da cortina, e colocarão o bravo pensador no mapa das idéias: tudo com três técnicas!

Continuar lendo

O poder de Deus

Como soa uma mão sozinha batendo palma? Que barulho faz o aplauso de uma mão só? No extremo oriente essa é uma pergunta milenar de uma filosofia que não dá respostas, faz pensar. Se seu cérebro se contorce, e você acha que nunca conseguirá responder, deixe estar. O importante é absorver a pergunta, refletir sobre ela. Pense o suficiente, talvez você aprenda algo profundo — sobre o poder do todo-poderoso, por exemplo.

Continuar lendo

Apague a auto-piedade

Nunca tenha piedade de si mesmo. Nunca faça isso. Olhe para o lado. Abra os olhos. Veja. Tem alguém enfrentando desafio pior que o teu. Tem alguém que acorda, levanta e luta, mesmo vendo pela frente um dia que você nunca teve (nem em pesadelos). Abra os olhos. Você enfrenta a dor, outros enfrentam a morte. Você sente falta de conforto, outros sentem falta de comida. Você queria ter sucesso, outros queriam uma noite de sono (sem temer pela vida). Veja. Você guarda mágoa de alguém, outros guardam no peito um vazio: perderam um pai, perderam um filho. Entenda. A dor humana pode ser gigantesca, mas grande é a promessa que todo dia traz. Não fuja do dia, não fuja do sol, não se esconda da vida. Quanto maior a dificuldade agora, maior a paz depois quando ela tiver passado (e vai).

Continuar lendo

O segredo do dinheiro e a felicidade

O Brasil é um dos países do mundo mais obcecados com dinheiro. Dizem que na Rússia de hoje também se tem essa obsessão. Abre-se o jornal, liga-se a televisão, e as principais notícias têm a ver com o dinheiro: a renda, a inflação, o quanto ganhou o milionário, o quanto custa o que falta ao pobre… Essa obsessão pode bem ser sintoma de países em que é grande a disparidade de renda, em que é profundo o fosso social entre os que conseguiram e os que não conseguiram. Uma vez meu avô me falou: “Dinheiro não é tudo: é 90%. Os outros 10%,” complementou “com dinheiro é bem mais fácil conseguir.” Meu respeito por ele é enorme — mas discordo.

Continuar lendo