Aposta na moto elétrica

Lá vêm as motos 100% elétricas. Afinal deixaram de ser brinquedos e viraram máquinas de verdade, possantes e velozes. Hoje já temos motos elétricas para pilotar na auto-estrada de igual para igual com as motos a gasolina. É interessante o paralelo com os super-carros elétricos: da mesma forma que a Tesla Motors, uma novata, produzirá o melhor carro elétrico de série que o mundo já viu, cabe a uma novata do motociclismo, a euro-americana Vectrix, a tarefa de revolucionar o mundo sobre duas rodas.

Primeira moto: Maxiscooter, a Vectrix atual

A Vectrix Maxscooter foi lançada em Milão em Novembro de 2006 e sua produção, ainda pequena, está crescendo. Há várias rodando na Europa e nos Estados Unidos. Ela tem desempenho equivalente a um scooter a gasolina de 400cc, tanto em termos de aceleração quanto de velocidade, segundo o site do fabricante. Mas não faz nenhum ruído e seu combustível elétrico custa cerca de 10% o custo do tradicional combustível fóssil. Não é feia, não.

Vectrix MaxiScooter

Está pronta: é produto a venda. Nos Estados Unidos ela custa US$11,800 sendo que na Califórnia o governo dá US$1,500 de bônus se você comprá-la, por conta de seu benefício ambiental. Na Europa custa cerca de onze mil euros. Não é barata. Mas é uma alternativa para entrar no mundo dos motores elétricos com desempenho esportivo sem gastar o preço de um Tesla Roadster, do qual, dizem, só as baterias já custam US$ 20,000.

A Vectrix foi fundada em 1996 e é presidida por Carlo Di Biagio, ex-presidente da Ducati Motor Holding, S.p.A. Certamente ele entende de motos. A Vectrix Maxscooter, vista na foto acima, foi lançada em 2006 e é o primeiro produto da companhia. A empresa investiu US$ 25 milhões desde que foi fundada, e possui centenas de patentes. Em termos de sofisticação esta moto não deixa muito a desejar ao Tesla Roadster. Possui estrutura de alumínio, bateria de Niquel-Metal Hidrido (NiMH) de 125v e um motor de corrente contínua de três fases que chega a 6,000 rpm e entrega 20kW.

Radiografia da Vectrix

Parece que dirigir uma destas scooter é uma grande experiência. Para quem está acostumado como motos normais, algumas diferenças. A moto possui marcha-ré, algo raro em motos a combustão. Ela freia sem usar discos de freio — usa um freio eletromagnético, um sistema regenerativo que recarrega as baterias quando se diminui a velocidade. Ou seja, não é preciso tirar a mão (ou os dedos) para a alavanca de freio das motos comuns — tudo é feito no girar do pulso. Além disso as baterias ficam sob o banco e fazem com que o centro de gravidade da moto seja bastante baixo, o que aumenta a estabilidade e faz a direção ficar suave. Os assentos são largos e confortáveis. Veja abaixo uma reportagem (em inglês) sobre a moto.

A Vectrix Maxscooter alcança 100km/h de velocidade máxima, e acelera de 0 a 96 km/h em 6.8 segundos. De acordo com o site do fabricante ela está disponível por enquanto nos seguintes países: Austrália, Estados Unidos, Espanha, Itália, Suíça, Irlanda e Reino Unido. Ela pode ser recarregada (a 80% da carga) em duas horas. Sua autonomia é de 100km, se dirigida a uma velocidade mediana, por isso é basicamente uma moto para a cidade. A questão do peso das baterias (o calcanhar de aquiles tanto dos veículos elétricos quanto da miniaturização de laptops e celulares) é mais grave para uma moto do que para um carro. Por isso a autonomia deverá continuar a ser uma restrição forte às motos elétricas, enquanto algum cientista brilhante não descobre uma química de bateria elétrica, ou célula de combustível, melhor.

Segunda moto: Superbike Concept, a próxima Vectrix

Como se sabe todo mercado é feito de realidade e de expectativa. O vídeo abaixo é o segundo caso. O lançamento pela Vectrix de uma moto-conceito, no salão de Milão de 2007, cerca de duas semanas atrás. Vou dizer o seguinte: a moto é muito atraente. Muito. Veja o vídeo se você é remotamente interessado em veículos de duas rodas. Ela é revelada lentamente enquanto toca “The Sounds of Silence” — ótima trilha musical para uma moto que não faz nenhum ruído.

Se realmente não quiser passar pela experiência do vídeo, então, ok, veja uma galeria de fotos dela clicando aqui (nota, nem todas são imagens da Superbike Concept.) Esta nova moto deve ser 6 vezes mais potente que a Maxiscooter, oferecendo acelerações fora de comparação com qualquer outra moto, elétrica ou a combustão. Poderá usar bateria ou célula de combustível (fuel cell) para aumentar sua autonomia.

Motos elétricas: uma boa aposta?

Quem leu o artigo sobre a Tesla Motors entende porque acho que o conceito da Vectrix, assim como o da Tesla, é tecnicamente, economicamente e mercadologicamente correto. Ou seja, a tecnologia de propulsão elétrica tende a ser mais potente, mais econômica e mais limpa que a dos tradicionais motores a propulsão. E a criação de um mercado novo a partir do topo, com produtos de alto preço mas alta qualidade e tecnologia, costuma ser o correto para criar uma marca forte.

Happily riding a Vectrix Maxscooter

Porém sou menos otimista quanto aos prospectos de negócio da Vectrix que os da Tesla. Primeiro porque, como disse acima, a moto sofre mais com o peso das baterias — não há onde esconder, não há o que fazer. Isso tende a limitar a autonomia e portanto o apelo. Segundo porque qualquer moto já consome pouco combustível, e portanto a economia de combustível, mesmo que de 90%, não significará muito dinheiro. Terceiro porque a barreira de entrada para fabricação de veículos de duas rodas é mais baixa que a de automóveis — é provável que o mercado seja dominado por motos não tão caras e feitas na China. Aliás, uma delas parece que já está no Brasil.


Se você gostou deste post também deve gostar de:
Um carro elétrico e desejável Tesla Roadster
Cinco vídeos do carro elétrico Tesla Roadster
Conheça o Aptera, carro elétrico futurista
Trinta veículos atuais, elétricos e híbridos

Anúncios

24 respostas em “Aposta na moto elétrica

  1. Rodrigo, creio que a unica empresa de moto elétrica hoje atuando no Brasil é a Motor-Z. Não os conheço pessoalmente, nem a seus produtos, mas você pode tentar entrar em contato com eles visitando seu website. Caso você tenha interesse em trazer a Vectrix mesmo para o Brasil, o trajeto seria mais complexo, não creio que eles tenham esses planos no momento. Mas é preciso tentar para saber. Note que Motor-Z e Vectrix são apenas dois exemplos, há muitas iniciativas de motos elétricas sendo desenvolvidas no mundo hoje, assim como muitos carros elétricos.

  2. adorei a moto eletrica,sou revendedor de veiculos e gostria de saber como representalos. desde ja agradeço a atencao. tel: (61) 36317713

  3. Gostei dos modelos e pretendo adquirir, apos conhecer melhor os modelos e preços, preciso saber onde ver e onde vende os modelos eletricos

  4. Achei muito interessante as motos elétricas. Espero que o Governo brasileiro não atrapalhe as importações, tornando inviável a venda de tais produtos aqui no Brasil em nome da pressão exercida dos poluidores mundiais. Nos países onde os governantes usam a cabeça e não o bolso esses veículos alternativos já estão dando certo e sendo oferecidos a preços acessíveis e com incentivos nos impostos. Aqui, vai ser um grande problema passar por cima do interesse pessoal dos “representantes do povo” no Congresso.

  5. Prezados senhores, sou representante oficial das motos elétricas da marca Kin motors no estado de Minas Gerais. Gostaria de saber qual a possibilidade de representa-los em meu estado. Pois, nosso produto está sendo bastante procurado e bem aceito, por isso buscamos oferecer outros modelos diferenciados ao interessados.

  6. Prezados senhores, sou representante oficial das motos elétricas da marca Kin motors no estado de Minas Gerais. Gostaria de saber qual a possibilidade de representa-los em meu estado. Pois, nosso produto está sendo bastante procurado e bem aceito, por isso buscamos oferecer outros modelos diferenciados ao interessados. 35 3423 8415 / 9968 8818.

  7. Putis, essa motoo é maneirissima, que pena que num tem aki no Brasil!!!
    Por que Voçeis num monta uma Lója aki!!! Teriam Varios Consumidores Aki!!!
    Monta Uma Construtora Aki!!!
    Abraços Até mais!!!

  8. Outras motos eletricas:
    Mission motor
    Zero motocycles.com (ZERO X)
    Eletric motosport GPR-S
    Brammo Enertia
    Evader (EV 100GT 1500W)
    E-MAX 90S/120L/190L, http://WWW.LEM MOTOR.COM.BR (ótima)
    Moto EDSON – Espanhola KYOTO
    Suzuki STRYDER eletrica
    Moto Mavizew TTX02 RACE BIKE

    Todas são motos eletricas, veja no GOOGLE.

  9. O momento o qual o nosso pais atravessa,com a gasolina o olho da cara,e a melhor opicao,gostaria de ser seu representante no estado do ACRE,RONDONIA o qual ja trabalho com representacoes da TIGER CARGO,BRAZCAR,EVETECH e MOTORS KIN
    Att. Flavio Macedo (68)3229-6623- 9977-9396

  10. Como transformar um veiculo com motor a explosã, gasolina, alcool e outros, em um veiculo eletrico.
    è somente necessario fazer com que os pistão e o girabreguim se movimente atraves de uma nova fonte de energia elétrica, ou seja um motor eletrico, que realize estes movimento.
    Com um motor C.C de 3a 5 Hp de 24v.36v,48v,72v.e um controle eletrônico de velocidade para acelerar e desacelerar o motor eletrico.è necessario se saber a amperagem do motor , para se saber quantos A deve ter caqda bateria, que deve ser o mesmo do reg.de veloc.
    Pronto é somente montar no carro ou moto ou outro veiculo qulquer, um avião, helicóptero,outro.
    Montagem é só colocar ou adptar no girabrequim do veiculo mais uma polia ou engrenagem e engatar em uma polia ou engrenagem do motor fixado no eixo do motor. e colocar uma corrente ou uma correia dentada ou lisa a critério de cada um.
    Fazer a alimentação atravês das baterias e do controlador de velocidade e testar o veiculo.
    Profº Pardal israel tagliari
    foi quem inicio toda esta técnologia vela o blog israel-tagliari.blogspot.com
    como fazer veiculos com motores eletricos.

  11. sou de portugal quem estiver interessado em material novo motos bonital para adulto e criança entre em contacto e tambem pranchas de surf telecomandadas contacto 910838218 telemovel de portugal

  12. COMO FAZER UMA MOTO ELÉTRICA, APROVEITANDO QUASE TUDO DAS MOTOS A COMBUSTÍVEL. é só tirar o motor, tanque e o escapamento o restante é igual.
    Precisa de um motor elétrico com uma coroa ou engrenagem para ligar a corrente ou uma correia na roda traseira pronto se ligar na energia elétrica o motor elétrico vai movimentar a roda traseira. conforme a RPM do motor.
    Este é o principio depois vem as informações técnica necessárias para cada tipo de potencia desejada do motor volt, baterias e placa de aceleração e desaceleração do motor, reutilização dos freios para recarga das baterias, ligação das baterias.
    Como comprar motor para veiculo elétricos e controladores de velocidade pesquisar no site Alibaba. que tem diversos tipos de motores e potencias desejadas com as volt de interesse de cada um., através da volt é possível saber o numero de baterias que vai ser utilizado e a amperagem de cada uma das baterias necessárias para movimentar o motor elétrico.
    Ex: Um motor de 24 volt de 150 A vai 2 baterias de 12 volt cada uma.com 75 A cada
    36 v. vai 3 baterias de 12 v
    48 V vai 4 baterias de 12 V
    60 V vai 5 baterias de 12 V e amperagem vai depender da especificação do motor
    Professor ISRAEL TAGLIARI
    Isto se aplica em qualquer tipo de veiculo carros aviões, helicópteros, skeite, cadeira de rodas etc.

  13. Vamos fabricar veículos com matéria prima reciclada e com motores elétricos, sem impostos pois reciclados já foram tributados varias vezes. Diminuir a poluição e o consumo de combustíveis e as importações destes produtos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s